voltar

Motivação e Academia: 9 atitudes que estimulam a sua vontade

Data de postagem 05/03/2018 | escrito por
Motivação e Academia - Mulher Acordando

Motivação e Academia: Confira 9 atitudes que estimulam a sua vontade.

A vida moderna nos leva a acontecimentos inesperados que impactam o nosso dia-a-dia e quebram todos os nossos planos, sabotando a motivação e academia.

Priorizar o treino na academia fica difícil diante dos acontecimentos de última hora ou daqueles compromissos sociais bem no dia do treino.

Tem também aquela preguiça que acaba colaborando com a fuga do que é certo.

Afinal, quem quer se levantar do sofá quando está assistindo a uma maratona da série que mais gosta no Netflix?

Ok, ainda tem a hora que você conseguiu sair do sofá, mas se vê na academia olhando ao redor como um filhote de cachorro perdido tão motivado como um Vegano no McDonalds.

Isso é chamado de tédio de treino ou…

“preguiça” mesmo.

Fora as situações acima, pode ser também que você não seja preguiçoso, mas está na academia sentindo preguiça.

É um quadro onde o organismo se defende naturalmente quando uma pessoa está perdendo peso através de dieta ou exercício físico.

Isso é mais conhecido como efeito platô.

É mais ou menos assim, você já superou a dor ou o sedentarismo que te levou para a academia e esquece que precisa continuar treinando para manter o nível alcançado.

Às vezes é nesse momento que você não vê mais propósito de treinar e pode ficar desanimado.

Estes são os maiores obstáculos para manter o objetivo de ser saudável para sempre.

E pensando bem, quem quer continuar fazendo força?

É chato, né?

Mas Preparamos aqui algumas dicas para te ajudar a sair da preguiça, refazer as prioridades dos seus treinos e recuperar a motivação para ir até a academia treinar.

Vamos lá…

Comece bloqueando a sua agenda.

Defina que a sua saúde é a prioridade da sua vida.

(veja aqui uma dica de livro que fala sobre priorizar a saúde)

Quem não prioriza a saúde hoje, vai ter que priorizar a doença amanhã.

É uma afirmação forte, mas é isso mesmo.

Então, como vimos que é a saúde que manda, avise o seu amigo que faz aniversário bem no dia do treino que você vai chegar um pouco mais tarde.

Não tenha medo. Não precisa explicar como você prioriza a sua vida.

Você precisará estar vivo no futuro para ir nos aniversários dos outros amigos.

O próximo aniversário do seu amigo tem poucas chances de cair no dia do seu treino.

Aí você compensa uma horinha que chegar atrasado.

Aquele médico que está difícil de marcar um horário só tem agenda no dia do treino?

Acho que não.

Converse com a secretária e agende em outra data. Treinar é saúde!

Seu chefe pediu para você ficar um pouco mais?

Entre mais cedo no trabalho no dia seguinte.

Informe a todos que o rodeiam o quanto tem feito bem para sua saúde física e mental priorizar a sua agenda com a academia.

Não tenha medo.

Regra do avião despressurizado

O avião talvez seja o lugar no mundo que mais se planejou sobre a segurança das pessoas em casos extremos.

Então por que usamos outra regra para tocar nossas vidas em vez de usar a regra mais segura e estudada?

Está escrito lá no manual de bordo do avião:

“Quando máscaras de oxigênio caírem coloque primeiro a sua e depois ajude os demais, inclusive crianças e idosos”.

Por que deixar meu filho para depois?

Pois a vida é assim.

Primeiro você se mantém vivo e apto a ajudar o mais necessitado. Do contrário, podem morrer os dois no avião.

Na vida, não pode ser diferente.

Você fica cuidando de todo mundo na família.

É o filho que precisa de você para esperar chegar uma encomenda no apartamento, a irmã que precisa de alguém a acompanhando na endoscopia, precisa completar o aluguel da filha e por aí vai.

Ninguém nunca pensa na sua saúde.

Então se imponha e ajude somente quando der.

Se pedirem algo para você no dia do seu treino, não dá!

– Marque outra hora…

– Pague um aluguel mais barato…

– Não é hora de você ter filho! Posso ser avô, mas não sou babá.

Priorize sua agenda, diga os dias que você pode e os que não pode.

Ou quer correr o risco de cair numa cama?

Aí é que você não vai poder ajudar mais mesmo e como consequência, vai atrapalhar!

Mude de ambiente.

Considere ir para a um parque no fim de semana.

Faça uma atividade completamente diferente.

Estar em um novo ambiente irá mantê-lo animado e vai variar seus exercícios, seja enquanto você busca uma barra de alongamento lá no Parque do Ibirapuera ou pedala numa bicicleta alugada no Parque Vila Lobos.

Parque do Ibirapuera SP - Lago
Parque do Ibirapuera SP – Lago

Experimente algo fora da sua zona de conforto

Se você sempre treinou sozinho, experimente se juntar a um grupo de Tai Chi Chuan no Ibirapuera ou a uma aula de Aeropilates na Vincere.

Seu coração vai agradecer.

Ainda, se você sempre foi agitado e praticante de esportes coletivos que tal uma aula de YOGA na Praça Víctor Civita ou uma sessão de Vertebrale na Vincere?

O seu corpo e o seu cérebro estão acostumados a fazer sempre a mesma coisa no treino.  

Tire-os da zona de conforto.

Estabeleça para você mesmo um desafio como se fosse um jogo

Motivação e objetivos são os melhores amigos, certo?

Então por que não se propor um desafio de superação de limite individual?

Tipo “vou alcançar meus pés no alongamento” ou “vou fazer 5 flexões a mais que o meu atual limite”.

Isso não só lhe dará uma meta para “brincar”, mas você também pode ganhar na vida real, usufruindo dos benefícios de obter maior equilíbrio e obter força e confiança em executar tarefas do cotidiano com melhor desempenho que antes.

Tire uma semana de folga

Sim, você leu certo.

“Ausência traz saudade”, certo?

Se você veio até agora se exigindo ao máximo ​​e está entediado com a rotina, dê um descanso a si mesmo.

Você vai chacoalhar tudo quando retornar uma semana depois!

Mas cuidado, não mais que uma semana ou será mais difícil voltar.

Apenas descanse essa semana se você acha que pode confiar em si mesmo.

Atualize sua lista de músicas no celular

Uma música velha e antiga vai fazer seus níveis de energia despencarem durante seus exercícios.

Traga um par de fones de ouvidos conectados ao celular com uma lista de músicas que você sempre gostou e que há tempos você não ouvia.

Confira no SPOTIFY ou outros serviços de música na Internet para obter alguma inspiração.

Desafie-se para uma jornada que vai exigir maior preparo ainda

Essa é legal.

Ponha fogo em tudo, quebra tudo!

Brincadeira.

É só uma maneira de dizer para você pensar numa viagem que envolva uma boa caminhada.

Ou se está com o preparo físico em dia, pense em algo ainda mais ousado.

Já pensou em se inscrever para uma prova de corrida de rua?

Obrigue-se a treinar mais forte para sair “vivo” do seu desafio.

Dois é melhor que um

Contrate uma semana ou duas de treinamento personalizado para ajudar a superar pontos que estão difíceis de evoluir.

Se contratar uma personalização for difícil, convide um amigo para ir treinar junto.

Vocês se encorajarão mutuamente (espero) e pequenas brincadeiras que a afinidade permitir vão te ajudar a se manter desafiado.

Redescubra a motivação para retomar os treinos na academia.

Quando você assume a consciência de que está preguiçoso, de que não está priorizando bem a sua vida ou de que está parado no “platô” você se junta aos partidários do #chegadedesculpas e assume a responsabilidade com você mesmo.