voltar

Protocolos de treinamento são importantes? Não é só prescrever um treino?

Data de postagem 12/01/2017 | escrito por
Treinos personalizados

Na academia convencional, assim que entramos, fazemos uma avaliação física e recebemos uma prescrição de treinos para atender nossos objetivos. Mas e se a pessoa for cardíaca, ou tiver uma condromalácia, ou ainda, se tiver uma escoliose, mesmo que leve? As academias estão preparadas para isso?

Qualquer academia vai ter um protocolo de atendimento para cada condição?

Boas clínicas de fisioterapia possuem protocolos de tratamento adaptados para cada patologia. Clínicas que possuem aparelhos de musculação, oferecem tratamento com cara de treinamento, pois vão promover saúde com ganho de massa muscular continuado, tomando cuidados para não expor o paciente/aluno a riscos desnecessários.

Por exemplo, um protocolo que trata os cardíacos com musculação, deve prever um número menor de repetições por série. Além disso, torna imprescindível a monitoração da Pressão Arterial no início e no final de treino. Se a pressão arterial tiver acima de um limite naquele dia, a recomendação pode ser de não treinar ou adaptar um treino muito leve.

Já no caso de quem tem condromalácia, o protocolo deve prever que determinadas amplitudes de movimento sejam evitadas e ainda deve determinar quais ângulos são permitidos por patologia.

Só um protocolo bem escrito e consistente pode garantir de controle de movimentos e redução de riscos, permitindo que você seja intenso até onde pude ser.

Portanto, seja qual for sua condição, deve haver um protocolo certo para receber você e te deixar no melhor que você puder chegar.

Siga-nos no Instagram @vincere.fisio

Conheça nossas soluções Acesse