voltar

Dicas para emagrecer após os 35 anos

Data de postagem 08/08/2017 | escrito por
Hábitos para emagrecer - Alimentos saudáveis
Acelerar o metabolismo para emagrecer

Acelerar o metabolismo  favorece emagrecer.

Após os 35 anos o metabolismo começa a desacelerar e a gastar menos gorduras e menos energia nas atividades cotidianas. A redução gradativa da produção hormonal é outro fator que favorece o aumento de peso no decorrer dos anos.

São esses fatores que interferem no processo de emagrecimento, pois você passa a gastar menos calorias mas continua praticando as mesmas atividades.

Você já deve ter ouvido falar que um dos benefícios do ganho de massa muscular é a melhora do metabolismo. Mas o que isto significa realmente?

Quanto mais músculos você tiver, mais calorias seu corpo queima em repouso para mantê-lo funcionando! Isso significa que você pode comer mais sem ganhar peso. E se você quiser perder peso, adicionar um pouco de massa muscular magra pode ajudar a acelerar o seu metabolismo e facilitar a dieta porque haverá uma demanda maior de energia.

Aqui estão quinze maneiras pelas quais o aumento da massa muscular melhora o metabolismo.

1. O aumento da massa muscular aumenta as calorias queimadas
Todas as células do nosso corpo requerem energia para funcionar, e geralmente obtemos essa energia dos alimentos que ingerimos. No entanto, para alguns dos processos que nosso corpo precisa fazer, como respirar e piscar, não precisamos de combustível de fontes externas. Isso é o que os cientistas chamam de taxa metabólica de repouso. A taxa metabólica basal leva em consideração a quantidade de energia que seu corpo precisa para manter todos os seus órgãos funcionando, incluindo o coração e os pulmões. É medido em circunstâncias muito específicas: jejum de 12 horas, deitado em um quarto escuro, descansando sem distrações.

O número de calorias que você queima quando está em repouso é muito maior quando mais células musculares estão trabalhando do que quando você tem menos músculos. Se você adicionar 5 quilo de músculo ao seu corpo, sua taxa metabólica de repouso aumentará significativamente. Para cada quilo adicional de massa muscular magra, o corpo queima 50 calorias extras por dia! Quanto mais músculos você tiver, melhor será o seu corpo convertendo alimentos em combustível para todas aquelas células trabalhadoras que precisam de energia para manter seu corpo funcionando.

2. Maior massa muscular aumenta a taxa metabólica basal (BMR)
Uma das razões pelas quais as células musculares queimam mais calorias é porque elas precisam de energia para contrair e relaxar. Isso significa que, mesmo quando você não está se movendo, as células musculares queimam calorias. A BMR representa cerca de 60% do gasto de energia do nosso corpo. Uma porcentagem maior dessa energia vem da massa muscular magra do que da gordura. Isso significa que mais massa muscular em seu corpo significará gasto maior de energia, o que é bom para emagrecer ou manter um peso saudável. Além disso, se você deseja aumentar sua BMR ao começar a se exercitar, adicionar músculos é uma maneira de fazer isso!

3. Mais músculo reduz a fome
Você não odeia quando está fazendo dieta, se exercitando regularmente e ainda sente fome o tempo todo? Isso ocorre porque ser ativo aumenta seu metabolismo, queimando mais calorias em repouso. O “modo fome” que mencionei acima também pode entrar em jogo aqui. Seu corpo pode pensar: “Eles estão usando muita energia – vamos manter as calorias porque eles podem durar mais tempo!” Mas você não quer sentir fome constante durante a dieta, nem quer que seu metabolismo desacelere. Então, o que você faz? Adicione músculo! Quanto mais músculos você tiver, menos provável que esse cenário aconteça do que se você estivesse carregando gordura extra. As células musculares requerem mais energia para funcionar do que as células adiposas, portanto, ter mais massa muscular em seu corpo significa que você precisará de mais calorias.

4. Aumenta a capacidade de realizar atividades diárias
Quanto menos gordura no corpo, mais fácil é se locomover. O treinamento resistido, musculação, pode ajudar a diminuir o risco de quedas e aumentar a independência em tarefas diárias, como levantar-se de uma posição sentada ou levantar-se de uma cadeira. O músculo ajuda nosso tecido conjuntivo a se manter saudável, protegendo-nos de lesões quando caímos sem comprometer a rapidez ou a reatividade. Ter mais massa muscular diminui a possibilidade de lesões, facilitando as tarefas diárias. Isso também se aplica a lesões relacionadas ao esporte, que muitas vezes ocorrem devido à falta de músculos ao redor das articulações.

Comece a usar estratégias que aceleram o metabolismo.

O segredo para facilitar o emagrecimento após os 35 anos é usar estratégias que aceleram o metabolismo.
Adquirindo esses hábitos você vai levar uma vida muito mais saudável.
 
– Aumentar a atividade física fazendo musculação e exercícios aeróbios.
– Não pular refeições;
– Substituir o doce pela fruta na hora da sobremesa;
– Iniciar as refeições pela salada para ajudar a saciar a fome;
– Beber, no mínimo, 6 copos de água por dia;
– Comer a cada 3 horas;
– Evitar seguir dietas rígidas para emagrecer;
– Dormir 8 horas ou mais por noite;
  
 Com isso, você pode ditar o ritmo do seu metabolismo: Decidir se prefere guardar energia em forma de gordura ou gastar tudo que consome buscando emagrecer.
 
 A atividade física é importante: tem vários benefícios à saúde. Mas para emagrecer é a alimentação que manda e determina o verdadeiro resultado.
 
 Então mexa-se dentro das suas possibilidades e coma pequenas porções de baixa caloria, 5 a 6 vezes por dia, muita água e durma bem que o resultado virá, com certeza. E quando vier, consulte o seu médico e peça uma bateria de exames, principalmente de sangue.
 
E você, já passou dos 35 anos e segue hábitos saudáveis com alimentação adequada?
Conta para nós a sua estratégia.
 
E se quiser entrar em contato e saber mais sobre os nossos serviços, comece por aqui.
 

Siga-nos no Instagram @vincere.fisio